Fisioterapia Musculoesquelética

 
 
 

Reeducação Postural

 
 
Consiste em técnicas eficazes na prevenção e/ou tratamento de dores e alterações posturais abordando o indivíduo de uma forma global.

Através das inter-relações da respiração com os músculos e o esqueleto humano, as nossas técnicas tratam as alterações do corpo humano levando em consideração as necessidades individuais de cada utente, já que cada organismo reage de maneira diferente às agressões sofridas.

Indicado para crianças, adolescentes e adultos.
 
Na Physiokinesis disponibilizamos 2 técnicas distintas para reeducação postural:
1. RPG – Reeducação Postural Global
2. Pilates Clínico
 
reeducação postural
 

1. RPG – Reeducação Postural Global

 
R.P.G. é um método muito conhecido e utilizado na Fisioterapia, criado à cerca de 25 anos, e consiste na aplicação de posturas activas adoptadas pelo paciente e que simultaneamente alonga as cadeias musculares mais rígidas do nosso corpo. Tem como objectivo obter o equilíbrio das forças musculares que actuam sobre as nossas articulações e assim como a normalização das funções que lhes estão associadas.

Neste método são trabalhadas posturas ativas e consecutivas dos músculos estáticos e com manutenção através dos músculos dinâmicos sempre em descompressão articular e progressiva globalidade. Partindo da consequência até à causa do problema procurando reencontrar a boa morfologia e solucionando os problemas relacionados.

As sessões de R.P.G. São individuais, a sua duração em média é de uma hora, compreendendo duas posturas:
  • No início de cada sessão é realizado um exame detalhado, avaliando a postura estática do utente, é também efectuado um interrogatório e alguns testes músculo-esqueléticos;
  • São escolhidas as duas posturas mais indicadas de acordo com a avaliação do utente;
  • A periodicidade das sessões é normalmente semanal. Contudo, dependendo dos casos pode passar para duas ou três vezes à semana;
  • A duração total do tratamento depende da patologia.
 
 
 
 

DISFUNÇÕES DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR (ATM) 

 
ATM é a abreviação para o termo Articulação Temporo-mandibular, ou seja, a articulação entre o crânio e a mandíbula. Se colocar os dedos à frente dos seus ouvidos e abrir a boca, conseguirá sentir as articulações.

Pessoas com disfunção na ATM podem apresentar sintomas diversificados como fadiga e sensibilidade nos músculos mastigatórios, ruídos e estalidos ao abrir e fechar a boca e limitação de movimento. É também frequente a presença de queixas como dores de cabeça, tonturas, dor cervical, dor no ouvido e até zumbido. Essa variedade de sintomas acaba muitas vezes dificultando o diagnóstico e tratamento.

O que é interessante sobre a ATM é a sua proximidade com os dentes e os ouvidos tornando possível, por exemplo, que uma dor crônica nos dentes e ouvidos esteja vindo de uma disfunção da mandíbula.

A causa da disfunção temporo-mandibular é complexa e envolve muitos fatores predisponentes como a má oclusão, má postura, trauma, aceleração ou desaceleração cervical, hiperlaxidez ligamentar, stress emocional, hábitos parafuncionais (morder canetas/lápis, mascar pastilhas elásticas), parafunções (bruxismo e apertamento) entre outros. A boa notícia é que muitas delas podem ser tratadas por um Fisioterapeuta.

Através de manobras de terapia manual e exercícios específicos é possível recuperar o movimento e a função da ATM livres de sintomas, bem como optimizar a sua relação com a cervical e a postura.
 
 
disfunção articulação temporomandibular
 
 

Fisioterapia No Pré-Operatório e Pós-Operatório

 
Aqui na Physiokinesis nós realçamos a importância da fisioterapia tanto no pré-operatório como no pós-operatório.
Após uma cirurgia ortopédica é essencial iniciar a fisioterapia o mais precocemente possível, de forma a controlar a resposta inflamatória e a dor, assim como restabelecer a mobilidade e a força muscular, para que o utente possa readquirir a sua independência funcional.

Embora sejam indiscutíveis os benefícios da fisioterapia pós-operatória no processo de recuperação da força, do movimento e da funcionalidade do corpo do paciente, a experiência tem mostrado que na maioria dos casos não é dada a devida importância para a realização de um acompanhamento anterior à cirurgia, o que contribuiria de forma significativa para acelerar o quadro reabilitativo.

A fisioterapia tem um papel fundamental na prescrição de exercícios e realização dos tratamentos mais convenientes a serem observados antes de o paciente entrar na sala de cirurgia, para assim submeter-se à operação nas melhores condições possíveis de mobilidade, flexibilidade, força e circulação sanguínea. Quanto mais preparado estiver o corpo, mais rápida será a recuperação.

Para além da atuação no aspeto físico do paciente, a fisioterapia pré-operatória tem também uma função instrutiva. É muito importante educar o paciente, ensinando-o a como se comportar após a cirurgia, de modo a não comprometer os resultados esperados. Ensinamos meios para que o paciente, em sua própria casa, possa identificar sinais de alerta e controlar a dor e o processo inflamatório, e também saiba realizar as atividades de vida diária corretamente, como, por exemplo, tomar banho, vestir-se e andar com as canadianas, caso isso seja necessário.

Através do acompanhamento de nossa equipa, com vasta experiência no tratamento de pacientes submetidos à cirurgia ortopédica, será possível ao paciente potencializar o resultado da sua cirurgia, seja em nossa clínica ou no seu domicílio.
 
fisioterapia pós-operatório
 
 
 

Dry Needling

 
O Dry Needling, ou punção seca, é reconhecido como um procedimento terapêutico coadjuvante no âmbito da prática do fisioterapeuta. A técnica é utilizada no tratamento de disfunções musculoesqueléticas, fasciais e disfunções relativas ao tecido conjuntivo.

A punção seca possui um grande potencial no tratamento da dor no Síndrome miofascial, desativando os pontos-gatilho musculares (caracterizados por um ponto hiperirritável, localizado em uma banda tensa de um músculo, ou fáscia muscular, associado à dor local e/ou referida). O diagnóstico do Síndrome da dor miofascial é puramente clínico, baseado em uma história detalhada, exame físico completo realizado pela palpação muscular dos pontos-gatilho, e da observação da função motora.

A punção seca é feita através da penetração de uma agulha de acupuntura, realizada sem a introdução de qualquer medicamento (por isso o seu nome), e tem como princípio o estímulo mecânico dos pontos gatilho que estão localizados nos músculos esqueléticos. A inserção da agulha tem o intuito de se desfazer o nódulo, através de um reflexo espinhal que gera uma contração repentina e involuntária das fibras musculares afetadas e faz com que as mesmas relaxem logo em seguida.

O Dry Needling é um procedimento caracterizado como minimamente invasivo, em que uma agulha de acupuntura é inserida diretamente em um ponto gatilho muscular. A técnica é comumente confundida com a acupuntura tradicional chinesa. Embora uma agulha de acupuntura seja usada, a terapia é baseada no raciocínio tradicional da medicina ocidental, baseada em princípios neurofisiológicos distintos.

A punção é tipicamente seguida de exercícios de alongamento ou ajustes ergonômicos através de alguns exercícios, com a finalidade de restabelecer o movimento de maneira completa e indolor, evitando, assim, recorrências.
 
Dry Needling
 
 
 

Biofeedback Electromiográfico

 
A análise do movimento através do Biofeedback Electromiográfico (BEMG) permite a reeducação de padrões de movimentos e tempos de ativação alterados através da monitorização e quantificação da atividade muscular.

O estímulo visual e auditivo do BEMG permite uma maior motivação e uma participação mais ativa por parte do paciente, com consequente sucesso da intervenção e facilidade na manutenção de resultados objetivos. Trata-se de um método de avaliação, prevenção e tratamento com aplicação nas áreas musculo-esquelética, uroginecológica e neurológica. Na área músculo-esquelética tem excelentes resultados na patologia do ombro, como por exemplo no conflito subacromial, e no joelho.
 
Biofeedback Electromiográfico