Nesta fase surgem muitas dúvidas, não só relativamente aos cuidados do bebé, mas também com a recuperação física e psicológica da mãe. É indispensável que a nova mamã se sinta bem com ela própria para que possa estar em pleno nesta nova fase desafiante da sua vida.   

Normalmente, a recuperação pós-parto pode ser iniciada entre as 6 e 8 semanas após o parto, dependendo do tipo de parto (6 semanas – parto vaginal; 8 semanas – cesariana). No entanto, este período pode variar, sendo necessário respeitar sempre a individualidade das alterações fisiológicas e morfológicas de cada mulher. 

Recomenda-se que os exercícios pós-parto sejam iniciados apenas após a consulta do médico obstetra.  

A avaliação com um Fisioterapeuta especializado na área da saúde da mulher irá permitir que a recuperação pós-parto seja realizada de forma segura, consciente e personalizada.  

A ABORDAGEM DO FISIOTERAPEUTA NA RECUPERAÇÃO PÓS-PARTO INCLUI:  
  • Realização de plano de exercícios personalizado que irá ajudar a recuperar a forma e a reencontrar o equilíbrio;
  • Avaliação da diástase abdominal e exercícios para a sua regressão natural, bem como o ensino de estratégias para prevenir o seu aumento; 
  • Avaliação pélvica – verificando aderências cicatriciais, tonicidade e ativação dos músculos do pavimento pélvico;
  • Avaliação postural estática e em posicionamentos de amamentação/cuidados com o bebé – oferecendo estratégias de correção ou tratamento se necessário.  

    O seu Fisioterapeuta especializado na saúde da mulher tem ao seu dispor várias ferramentas, tais como: exercícios hipopressivos (low pressure fitness); pilates clínico; técnicas miofasciais; reeducação postural; e recuperação perineo-esfincteriana com apoio de biofeedback.